Cambio: €

Réplicas gigantes do artesanato do concelho "invadem" ruas de Barcelos

A cidade de Barcelos "acordou" hoje com 15 réplicas gigantes de algumas das peças mais emblemáticas do artesanato do concelho espalhadas por praças, avenidas, rotundas e outros espaços públicos, informou fonte municipal.

Segundo a fonte, trata-se do roteiro "Mundo maravilhoso do figurado de Barcelos", que inclui um total de 20 peças e que significou um investimento de 75 mil euros, financiado pelos fundos comunitários.

Até ao final do ano, serão colocadas as restantes cinco réplicas.

As peças, assinadas pelo escultor de Barcelos Albino Miranda, são em fibra de vidro e em resina de poliestireno, têm entre 1,70 e 2,70 metros de altura e pesam entre 150 a 200 quilos.

Replicam alguns dos principais trabalhos de mestres oleiros do concelho, como a "medusa" de Júlia Ramalho, a "cabra" de Rosa Ramalho, a junta de bois de Rosa Côta, a "gigantona" de Júlia Côta, o "presépio na bilha" de Júlio Alonso, a "galinheira" de Conceição Sapateiro ou o "músico cabeçudo" de Ana Baraça, além do inevitável galo de Barcelos, de autor desconhecido.

Com esta iniciativa, a Câmara, além de pretender consolidar o concelho como "capital do artesanato", pretende ainda dar visibilidade pública ao trabalho dos artesãos, com a exposição permanente na rua de réplicas das suas peças.

Paralelamente, a Câmara espera também que este novo roteiro constitua mais um fator de atração turística e, por consequência, de alavancagem da economia do concelho.

Paralelamente à colocação destas peças, a Câmara procedeu à retirada de muitos dos "galos" espalhados pela cidade, que se foram deteriorando, alegadamente por terem sido construídos "com materiais perecíveis, sem grande resistência ao tempo".

As réplicas hoje colocadas integram um programa mais abrangente de criação de um conjunto de ferramentas, em vários registos, de salvaguarda e valorização das artes e ofícios do concelho de Barcelos.

No total, o programa custou 630 mil euros e incluiu ainda o registo fotográfico do artesanato do concelho, com mais de 1500 fotos, um DVD e livros sobre as rotas do artesanato e a edição de três estudos, um sobre o Bordado do Crivo, outro com a Biografia de Rosa Ramalho e outro intitulado "Famílias ligadas ao figurado de Barcelos".